quarta-feira, 22 de abril de 2009

Dia da Terra

Hoje assinalou-se em todo o Mundo, o Dia da Terra. 

Em Lisboa anunciámos algumas medidas, para pôr em prática brevemente, e que vão contribuir para o combate ao desperdício e a promoção da poupança de água e electricidade.

Já a partir de Maio, a lavagem de ruas e rega de árvores será feita com água reutilizada, através de um acordo com a SIMTEJO que vai permitir que os camiões municipais possam ser abastecidos nas ETAR de Chelas e de Beirolas.

Esta medida representa uma poupança muito significativa de água potável utilizada para estes efeitos, pelo menos, em duas grandes freguesias: Marvila e Olivais.

Também os semáforos da Av. da Liberdade e na Baixa Pombalina vão sofrer alterações. Através da Lisboa E-Nova, no âmbito do Plano de Promoção de Eficiência no Consumo, a CML vai poder substituir as lâmpadas existentes por ópticas LED nestes locais e a custo zero para a autarquia. São 567 semáforos, 1.418 lâmpadas, que vão permitir poupar mais de 30 000 Euros por ano, "a custo zero para a autarquia". 

Embora já seja um importante ganho, estamos neste momento a estudar formas de alargar a iniciativa ao resto da cidade para que os benefícios sejam ainda maiores.

Também no que respeita aos veículos municipais há boas novidades. As medidas que já adoptámos, nomeadamente, a aposta em mais veículos a gás, menos poluentes, também estão a dar resultados, com reduções muito significativas nos consumos de combustível da autarquia.

O ambiente é uma preocupação real e cada vez mais presente. Estas são apenas algumas das medidas adoptadas em e por Lisboa, que não são mais do que passar da teoria à prática a estratégia Energético-Ambiental da cidade. 

De salientar também as 10 000 assinaturas que ontem recebi (e assinei) de pessoas que desta forma manifestaram a sua preocupação com as alterações climáticas. Foi no âmbito do projecto Lisboa pelo Clima, campanha de sensibilização ambiental que conta com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa. 

3 comentários:

jjleiria disse...

Caro vereador José Sá Fernandes,

Se bem percebi, a CML «apoiou» a campanha publicitária de uma marca de gelados... — que, entre as 20 formas de ajudar o planeta, dizia: «Come gelados Ben & Jerry's» (é a 16ª).

Anónimo disse...

És bem torcidinho, ó leiria. Come antes uma peça de fruta... Ou um gelado de chocolate :P

pfx disse...

Em 1998 ajudei à divulgação e promoção dos LEDs, quando o resto da Europa já estava nisto havia alguns anos. A CML e a CMOeiras aderiram na altura timidamente com 2 pontos (em Lisboa, no Marquês) demonstrativos até da vantagem quando o sinal fica em contraluz ou está do lado do sol, mas só para marcar presença: é tudo muito caro — diziam! A CML justificava até que era necessário mudar a legislação: nos sinais luminosos vermelhos convencionais a seta é a preto enquanto com LEDs fica a vermelho...
Finalmente!