sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Implantação da República - Os Botto Machado

No ano das comemorações dos 100 anos da implantação da república, comecei o meu périplo com a visita ao reabilitado Jardim Botto Machado.

A olhar o Tejo, na nova esplanada.



A primeira duvida: Qual dos irmãos Botto Machado dá nome ao jardim, Pedro ou Fernão?

Ambos com história republicana, ambos com curriculum…



Fernão Amaral Botto Machado – “não fez exame de instrução primária, mas ainda assim foi solicitador encartado, deputado, diplomata e jornalista e, ao mesmo tempo, um admirável defensor junto das “classes operárias”, que, aliás, acorriam em massa a ouvir a sua palavra”. Dirigiu o jornal “A Vanguarda” e a revista “Mundo legal e judiciário”, foi deputado logo na Constituinte em 1911 e, já como diplomata, em Tóquio, instituiu ali uma biblioteca e duas escolas (ainda existirão?), deixando a sua biblioteca à “voz do operário” (ainda é útil?).


Pedro Amaral Botto Machado – Em 1891, como 2º sargento, foi um dos mais activos elementos da revolta de 31 de Janeiro, pelo que respondeu em conselho de guerra, sendo condenado a 3 anos de degredo, cumprindo pena em Luanda e Benguela. Em Novembro de 1910, foi reintegrado no Exército e, em 1913, foi nomeado Governador em São Tomé e Príncipe. Foi um dos revoltos propagandistas que percorreram o país em defesa das constituintes, das quais fez parte, como deputado, eleito por Pinhel. Em Gouveia, foi grande benemérito e quem instituiu a ainda existente Banda Filarmónica - Sociedade Musical Gouveense.

Embora a literatura se divida, as actas não… Brevemente revelarei o mistério.

À saída do jardim uma mirada para os lódãos junto ao caminho. Será bom, agora, entre Setembro e Novembro, ouvir, ali, a passarada a comer os seus frutos, por ironia, chamados de "ginginhas do Rei".

4 comentários:

Jardim Constantino disse...

E o Jardim Constantino, Senhor Vereador! Ninguém percebe o que se passa. Está aberto, está fechado ou semi-cerrado. As nossas crianças não percebem porque temos de ir de carro para outro Jardim/parque infantil quando temos um à porta de casa. Antes estava sujo e mal frequentado, agora está fechado há longos meses, com as obras paradas e o mau ambiente continua por ali. Quando poderemos gozar deste espaço previlegiado no centro da cidade...

Alipio disse...

Pugnei junto da Associação dos Amigos dos Castelos no dia em que fiz uma conferência sobre ilustres Gouveenses incluindo Fernão Botto Machado para que se diligenciasse no sentido de alertar a Câmara para o estado do jardim. Verifico com satisfação que ocorreu a reabilitação do mesmo. O jardim tem o nome de Fernão Botto Machado e não de seu irmão Pedro. O Nome foi dado pela Câmara de Lisboa quando Fernão faleceu.

Alipio de Melo

Alipio disse...

Vejo com satisfação a reabilitação do jardim Botto Machado. É uma homenagem da Câmara de Lisboa ao ilustre Republicano, natural de Gouveia, Fernão Botto Machado. O seu irmão Pedro ficou mais conhecido pelas obras de benemerência que fez em Gouveia.

Alípio de Melo

José Sá Fernandes disse...

O Jardim Constantino foi hoje aberto, com novo quiosque e esplanada para que o espaço possa ser ainda melhor fruído. Está melhor e mais limpo.

Conto com todos para nos ajudar a manter as condições actuais.